"Vamos prender as pessoas para as tornarmos mais livres"


Orwell disse: "Slavery is Freedom". Na perspectiva libertária: "Freedom is Slavery". 

Qual a diferença entre as duas? Não haver liberdade positiva mas apenas liberdade negativa. O estado "dar" liberdade ou, "direitos" é uma impossibilidade. Ou seja, mesmo a escravatura tem de ser uma opção individual.

Mas ouçam o Nuno Lebreiro em conversa com o Pedro Augusto Martins para melhor entender este meu comentário.   

Comentários

  1. Pena o relativismo. É a moda intelectual de hoje, e é de facto o real virus assassino das sociedades modernas. N existem quaisquer direitos positivos, nem qq possibilidade de uma qq 3ª via, uma suposta coexistência entre direitos positivos e negativos. Uma anula a outra. São mutuamente exclusivos. É de facto muito lamentável q Bernstein e o Nuno Lebreiro n percebam algo tão básico. Essa suposta conciliação desses direitos - pelo burocrata do estado!!!!! - é a fonte de conflitos intermináveis, a causa da decadência a q hoje assistimos.. .. E mais - faltou realçar da importância dos direitos de propriedade para a resolução de conflitos. Miguel M. Almeida

    ResponderEliminar

Publicar um comentário