"Recuso-me a ver"


"Fui enganado/a. Mentiram-me. Sei que o fui, mas não consigo admitir. A força da minha ilusão é mais forte do a minha coragem para admitir que me posso deixar enganar".

É este o mecanismo que deverá estar em conflito interno na maior parte das pessoas com um módico de bom-senso. As gotas d'água serão as comemorações das duas missas comunistas de 25 de Abril e 1 de Maio.

Pela lógica mais simplificada: se há perigo real então porque motivo se pode juntar centenas de pessoas sem que a necessidade de protecção seja maior que a de celebração?

Neste momento já há informação publicada para se poder saber toda a estória que foi criada por um grupo de gente com fins comerciais. Foram capazes de um acto monstruoso? Absolutamente monstruoso? De usar medo, pânico, mortes, destruição económica e social e outras consequências ainda desconhecidas para avançar as suas agendas? - Sim. Não há qualquer resposta mais longa.

Com que contam agora esses grupos que te querem controlar? Além do medo (modo mais fácil para controlar uma multidão) contam com dois factores:

1. A Ilusão numa bondade humana que impede que se pense que alguém possa ser tão monstruoso. O que significa que possa haver algo tão monstruoso e os nossos governantes, que todo o sistema político tenha participado no embuste? Significa que na base do sistema, a confiança e o respeito são abaladas. Tão abaladas que não haverá recuperação. Quer para o indivíduo que toma a consciência e a auto-realização dos factos ocorridos; quer para o próprio sistema que ficará indelevelmente em causa e condenado  - a reformar-se - ou - a implodir -;

2. A Vergonha pessoal que é ter passados horas, dias, semana, fechado, em medo, em pânico  por contágio de algo que tem a mesma periculosidade que uma gripe (em termos de letalidade) e para cuja contenção de risco se poderia ter tomado outras possíveis acções de contenção sem os impactos, o pânico geral, e a actual brutal paralisação sócio-económica.


Medo / Ilusão / Vergonha     

Emoções plantadas por media sem escrúpulos ao serviço de gente criminosa com o fim de limitar as reacções de gente boa.  

Sois assim porque sois incapazes de imaginar tanta amoralidade no Mundo. Mas ela é real e está aí à vista de quem tiver coragem para procurar as respostas. 

Tens? 

Comentários

  1. Excelente, João!! A questão q temos pela frente, o acordar do coma socialista q sofremos desde crianças, da doutrinação colectivista, tem tudo que ver com carácter de cada um. Admitir q aquilo q pensámos toda a vida, as vacas sagradas q nos ensinaram é treta completa, é lixado.Nada tem q ver com inteligência ou informação. É carácter apenas. A maioria n o admitirá nunca... Miguel M. Almeida

    ResponderEliminar

Publicar um comentário